Posts com Tag ‘Gripe suína’

O capacete e a gripe

Publicado: agosto 19, 2009 em Sei lá o quê
Tags:

Hoje estava atrasado para minha visita à psicóloga (sim eu vou à psicóloga) e precisei de pegar um mototáxi. Durante a viagem fiquei me questionando: “quantas pessoas usaram este capacete hoje?” Pior que isso, percebi que fui infectado pelo vírus midiático. Fiquei imaginando o risco de pegar “gripe A” naquele momento. Felizmente não fui tomado pelo pânico, mas fui levado a pensar seriamente no assunto.

Muitas cidades brasileiras contam com o serviço de mototáxi. Nestas cidades milhares de pessoas fazem uso deste serviço para deslocarem-se pela cidade sem o incômodo dos engarrafamentos e pagando bem menos que num táxi. Um mototaxista deve transportar, numa cidade como Feira de Santana, uma dezena de passageiros por dia.

Os capacetes usados pelos passageiros estão, quase sempre, de acordo com o código de trânsito que pede que o capacete proteja o rosto do usuário. A frente deste capacete, responsável por proteger o rosto, fica o tempo inteiro em contato com a boca de quem o está usando. É como se dezenas de pessoas partilhassem o mesmo guardanapo.

Vamos piorar um pouco as coisas. Imagine que alguém espirre dentro do capacete. A saliva fica lá. A secreção fica lá. Sabe Deus quando o mototaxista vai lavar aquele capacete (se é que vai lavar algum dia). Neste exato momento eu imagino quanta coisa pode ter entrado pela minha boca durante aquela viagem.

Toda essa reflexão levou-me a perceber uma coisa. Como a mídia consegue mexer com a nossa mente. Eu jamais perderia meu precioso tempo pensando nessas coisas. Mas, depois de algumas semanas sendo bombardeado pelo terrorismo midiático, eu estou convencido de que a “gripe A” levará a humanidade ao seu fim de forma dolorosa e lenta. Para isso contará coma ajuda do trânsito brasileiro, das drogas lícitas e ilícitas, da violência urbana, das guerras sem sentido (e existe guerra com sentido?), dos inúmeros tipos de cânceres, da fome, das injustiças… Sozinha ela não vai fazer é nada além de vender jornais.

Anúncios

Perceram como a gripe suína de repente assumiu o espaço dos noticiários? Não se fala em outra coisa.
Toda essa atenção dada à tal H1N1, não permitiu que questões de “menor importância” fossem contempladas (para maiores detalhes veja http://www.quefato.blogspot.com). Mas eis que, quando ninguém aguentava mais ouvir falar da gripe suína, surge um “salvador”. Alguém que, com o poder da oração (mediante a generosa oferta do fiel) pode curar todas as doenças, inclusive a suína, o Bispo Edir Macedo com sua legião de pastores.
O retorno das acusações contra Edir Macedo e seus “apóstolos” retirou a H1N1 do centro das pautas. o assunto da vez é a IURD. Aliás um assunto inteiramente novo. Quem imaginaria que a igreja do Pare de Sofrer realizaria qualquer ato ilícito? Quando passaria pela cabeça de alguém que Edir e sua trupe estariam usando o dinheiro ofertado pelos fiéis para enriquecimento próprio? Esquema de lavagem de dinheiro? Impensável. O homem que distribui camisinhas em seus templos está sendo acusado também de não realizar as obras sociais que deveria. Isso é inveja de quem não pode vender a chave do céu, nem tem franco acesso ao Senhor, até para pedir assinaturas em documentos.
Importa que pouco a pouco a gripe está sendo banida, pelo menos das pautas, graças aos “milagres” financeiros de São Edir Macedo.