Posts com Tag ‘amigos’

Feliz Natal

Publicado: dezembro 24, 2011 em Comportamento, Religião, Sociedade
Tags:, , , , ,

Estou devendo um texto sobre o Natal. Claro que estou devendo, hoje já é 24 de dezembro e ainda não escrevi nada sobre o assunto. E, sinceramente, quem vai deixar a ceia de Natal pra ficar lendo blog na net?

Infelizmente tem gente que faz isso. Tem gente que prefere ficar na net a ficar com a família na ceia de Natal  aguentando as velhas piadas sem graça (mais…)

Debito moral

Publicado: dezembro 20, 2009 em Egolatria
Tags:,

Estou em debito moral com os leitores deste blog. Mea culpa, mea maxima culpa. Passei um longo período sem produzir coisa alguma. Deixei que as traças e as aranhas invadissem o meu pequeno espaço de verborreias. Permiti que chegasse ao ponto de ser cobrado. Isto é a prova total do desleixo e do desrespeito. Desleixo com o blog e desrespeito ao leitor que fidelizei com tanto trabalho (trabalho?). Por isto faço um post de pedido de perdão.

Perdão a todos que porventura visitaram este blog e não encontraram nada de interessante para ver além da velha foto do homem de cabelos cacheados com um largo sorriso amarelo. Não era bem isso que vcs queriam ver.

Perdão a qualquer um que tenha sentido a dor do abandono por conta do meu longo silêncio. Foi assim, eu cheguei com palavras doces e gentis, fiz você pensar de outra forma, seduzi, fiz rir e abandonei sem dizer o porquê, nem mesmo telefonei.

Perdão a você que na falta de algo melhor pra fazer na internet resolveu visitar meu blog e deparou-se com esta cena de desolação. Dizem que a primeira impressão é a que fica, mas em tempos digitais como os nossos, impressões podem ser refeitas várias vezes até que a coisa saia perfeita (e o cliente só vai receber a que estiver perfeita). Reinicie a máquina e tente novamente.

Perdão aos sobrinhos do tio Google que cairam aqui procurando “caminho para a felicidade eterna”. Neste caso a culpa não é minha. Mas vou providenciar alguma coisa sobre o assunto. Quem sabe isso atraia mais leitores pro blog.

E perdão a todos que leram este post piegas e chato. Eu realmente não estou num dia muito inspirado. Mas pelo menos estou de volta.

Falando em estar de volta. Assinem minhas atualizações. Assim vocês sempre vão saber quando tiver alguma coisa nova por aqui. É só clicar em assine agora aí do lado.

Ô mundinho cheio de novidades esse da internet. Passo as minhas horas vagas (horas é pura ironia) no facebook jogando Mafia Wars com um monte de gente que não conheço. Na verdade é um monte de gente de todo canto do nosso pequeno planeta azul. Aquilo até parece uma torre de Babel. Mas até aí tudo bem. Participamos do jogo e tentamos nos comunicar usando a linguagem universal (inglês?) com a ajuda do Google Tradutor. O que me assusta são as outras coisas que acontecem no facebook.

O tempo inteiro recebo convites para os mais bizarros testes, quizz, grupos, aplicativos e páginas inpensáveis. Por exemplo: “seu filho com um famoso”, que mostra como seria seu filho com alguem famoso; ou “que personagem de A Próxima Vítima você é?”, não precisa explicação. Mas um convite de aplicativo em especial me chamou a atenção: “Friends for sale!”. Durante uma semana ignorei o convite até que hoje resolvi tentar entender do que se trata (poderia ser apenas uma frase de efeito). Não é uma frase de efeito.

O aplicativo tem a seguinte proposta: “Comprar e vender seus amigos como animais de estimação!” É exatamente o que está escrito na explicação do app. Compreenda bem a situação eu estou sendo convidado para negociar os meus amigos. O texto ainda continua: “…Faça o dinheiro como um astuto vendedor de animais de estimação” – ganhar muito comprando amigos baratos e vendendo por um preço maior – “ou como uma mercadoria quente!” – ou fazer sucesso como a mercadoria do momento. Imagine a alegria de ser um amigo super-valorizado, vendido por milhões em leilões disputados.

Num mundo onde valores como amizade, honestidade e vida tem sido relativizados ao extremo eu não deveria estranhar uma proposta como esta. Na verdade deveria estar preparado para o dia em que isto se tornar realidade. Terá mais amigos que puder pagar mais. Lojas de amigos oferecendo modelos diversos para todos os gostos e bolsos. Já posso até me ver numa dessas lojas.

– Preciso de um amigo com cerca de 30 anos de idade, que goste de debates mas seja divertido, ouça rock’n’roll e ria das minhas piadas, mas estou sem muita grana no momento. Aceita cartão?

Carro importado: 150.000,00 no mastercard
Casa de praia: 800.000,00 no mastercard
10 amigos para um churrasco: 10,52 no mastercard
Cativar alguém: não tem preço.

Fala disso também