Arquivo da categoria ‘Sociedade’

Feliz Natal

Publicado: dezembro 24, 2011 em Comportamento, Religião, Sociedade
Tags:, , , , ,

Estou devendo um texto sobre o Natal. Claro que estou devendo, hoje já é 24 de dezembro e ainda não escrevi nada sobre o assunto. E, sinceramente, quem vai deixar a ceia de Natal pra ficar lendo blog na net?

Infelizmente tem gente que faz isso. Tem gente que prefere ficar na net a ficar com a família na ceia de Natal  aguentando as velhas piadas sem graça (mais…)

Gentileza

Publicado: dezembro 17, 2011 em Comportamento, Sociedade
Tags:, , , ,

Pilotava hoje pela Avenida José Falcão que estava particularmente movimentada. Pudera, estamos próximos do Natal e esta é uma das principais vias de acesso ao comércio de Feira de Santana. Muitos carros, muitas motos (muitíssimas), muita gente (muitissíssima ao cubo). De repente uma cena inusitada (mais…)

O homem esfomeado, já nem sabe o que é um prato de comida. Faz tempo que vive de pequenas sobras que vai encontrando por ande passa. Outro dia encontrou um pedaço de pizza ao lado da lixeira do parque, um achado. Qualquer migalha de algo que lhe pareça comida o faz feliz. (mais…)

Aguarde o sinal

Publicado: dezembro 6, 2011 em Egolatria, Sociedade
Tags:, , , ,

Uma mulher resolveu atravessar a Avenida Getúlio Vargas, a mais movimentada de Feira de Santana, às 13:30, no sinal verde. Distraída, ela não viu o motociclista que se aproximava. Ele tentou desviar, diminuiu a velocidade, mas ela avançou para sua frente e, assustada, paralisou frente a frente com a moto. Inevitável. (mais…)

Meu diálogo com o mundo que me cerca está se tornando algo cada vez mais sui generis. Não consigo entender como alguém que passou pelas experiências que eu passei pode ver o mundo da forma com eu vejo. Às vezes acho que deveria estudar psicanálise para fazer análise de mim mesmo, mas lembro que isso não funcionaria, psicanálise é o único remédio impossível de ser auto-medicado. Até porque se vc consegue se auto analisar, pra que psicanalista?

(mais…)

Hoje pensei em escrever algo sobre a maravilha do Tempo Pascal*, mas encontrei um texto De S. João Crisóstomo tão lindo e profundo que abdiquei do meu direito de redigir um comentário.

“De que serve ornar de vasos de ouro a mesa do Cristo, se ele mesmo morre de fome? Começa por alimentá-lo quando está faminto, e então poderás decorar sua mesa com o supérfluo. Dize-me: se, vendo alguém privado do sustento indispensável, o deixasses em jejum e fosses enfeitar sua mesa com vasos de ouro, achas que ele te seria agradecido? Ou não ficaria indignado? Ou ainda, se vendo-se vestido de andrajos e trêmulo de frio, o deixasses sem roupa para erigir-lhe monumentos de ouro, pretendendo assim honrá-lo, não diria ele que estarias zombando dele com a mais refinada ironia?

(mais…)

Roupas, sapatos, jóias, carros, casas e tantas outras coisas nos revestem e revelam o que somos. O que somos? A casca é a laranja? Não. Mas pela casca sabemos que trata-se de uma laranja, quase sempre. Se bem que as limas às vezes me confundem. Mas continuamos sem saber se trata-se de uma laranja doce ou de um limão com mania de grandeza.

(mais…)