Gentileza

Publicado: dezembro 17, 2011 em Comportamento, Sociedade
Tags:, , , ,

Pilotava hoje pela Avenida José Falcão que estava particularmente movimentada. Pudera, estamos próximos do Natal e esta é uma das principais vias de acesso ao comércio de Feira de Santana. Muitos carros, muitas motos (muitíssimas), muita gente (muitissíssima ao cubo). De repente uma cena inusitada, o sinal abriu no momento em que uma mulher chegou ao canteiro central da avenida. Os motoristas simplesmente ficaram parados esperando que ela saísse do canteiro e concluísse a travessia. A mulher simplesmente ficou ali, parada sem saber o que fazer. Olhava o sinal aberto e via os carros parados, não conseguia acreditar que eles esperavam por sua passagem.

Compreendo-a, a falta de respeito e de educação tornou-se tão cotidiana que é difícil acreditar numa cena como esta. Alguns chegam a pensar que trata-se de gentileza, mas é apenas cumprimento da lei, mas até isto é raro no nosso trânsito. Continuei pilotando minha moto pelas ruas da cidade e vi as coisas de sempre acontecer. Aquela mulher protagonizou uma cena inusitada, motoristas respeitaram o código e, levando em conta que eles com certeza não se lembram de nada do que ouviram na auto-escola (EFC), respeitaram mais ainda a vida.

Já parou pra pensar como ações em prol da vida causam espanto. Um ato de honestidade, alguém que se doa pelos mais pobres, um homem que doe um rim para salvar um desconhecido, mesmo ajudar a pegar a lata de ervilha na prateleira mais alta do supermercado, são ações que causam estranheza e, às vezes, agradecimentos exagerados. É estranho ser bom.

A sociedade espera repara seres individualistas, produtivos, robóticos, anômalos e amorais. Mas ela precisa mesmo e pessoas boas. Precisa de pessoas, não de seres, capazes de olhar em volta e enxergar outras pessoas. E não qualquer tipo de pessoa, mas pessoas boas. Boas o bastante para ver nas outras pessoas companheiros de viagem, não concorrentes ou adversários.

Alegre será o dia em que casos como este deixem de ser considerados inusitados, pessoas como aquela mulher confiem na gentileza, o cuidado com a vida guie as ações de todos.

Um abraço a todos. Estou com sono.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s